24 de abril de 2014

Real Body


Encontrei o desabafo dessa menina na internet. Já são mais de 20 mil curtidas... E se eu pudesse, curtiria mais mil vezes. Infelizmente viver a vida de gordinhas ou ex-gordinhas é bem difícil, e sempre nos identificamos com relatos como esses. Isso é bom porque nos ajuda a dar a volta por cima, seja aceitando nossos corpos gordinhos ou conseguindo forças pra perder peso... Mas mesmo assim, impossível não se mobilizar. 

"Esta foto pode ser considerada obscena porque o objeto em questão não é magro. E todos nós sabemos que apenas pessoas magras podem mostrar seus estômagos e se vangloriar deles. Bem, eu não vou dar ouvidos a isso. Este é o meu corpo, não seu. MEU. E isso não é da sua conta. Escolher o meu tamanho não é da sua conta. 

[...] Esta foto vai para o homem estranho da igreja da minha babá que me disse que minha silhueta era muito grande quando eu tinha cinco anos. Para meu treinador, que disse que eu era muito gorda pra andar de cavalo quando eu tinha nove. Esta foto vai para a menina do acampamento de verão que me disse que eu seria mais bonita se perdesse peso. [...] MAS ACIMA DE TUDO, essa foto é pra mim. Para a garota que odiava tanto o seu corpo que tomava medidas extremas para mudá-lo. Que chorava durante horas porque sabia que nunca seria magra o suficiente. Que foi atormentada e sofreu apenas por ser quem era era. 
Estou farta disso. Este é o meu corpo de verdade."

By: Stella
http://thebodyloveblog.tumblr.com/

9 comentários:

Carla Renata Galassi disse...

amei *.*

Luana Rodrigo disse...

muito legal!!!!!!
força ai para a nossa amiga!
beijos

Luciane disse...

Mto bom esse texto. Que bom que ela se ama.
Que otimo que ela dividiu isso com o mundo.

Dea, eu vi seu comentario no meu post.. eu tive uma embolia pulmonar.. e só por milagre de Deus consegui pedir ajuda e fui socorrida a tempo.
No post anterior aquele, contei tudo.
Beijos e obrigada

Rafa Clarindo disse...

Assumir quem é, de verdade, e não o que os outros querem que sejamos.
Linda ela, texto direto e objetivo. Concordo muito com o que a princess aí falou! ;) Mandemos os 'esteriotipistas' formatarem sua mente entranha e não nosso corpo fofinho!

Josi Carneiro disse...

mto bom o depoimento! Bjs

Cristiane Fonseca disse...

Uau... Uau... Uau... noosssa.. que perfeicao!!! Obrigada por traduzir o post dela ne? pois vi no blog dela que eh tudo em ingles...

Passamos por isso mesmo.... ha conflitos enormes entre familias por causa de criancas e pessoas acima do peso.. e muita coisa eu descobri na psicoterapia que muita coisa carrego de pessoas que nao sabiam o que falar e foram mt crueis...

ninguem merece!!!

beijos querida

Jack disse...

Ameiiiiiii *-*

LU disse...

Oi Dea!!
isso mesmo, adorei!!!
a gente tem que se amar pra depois resolver se quer o ou não mudar!
beijocas

Bethynha disse...

Bom dia lindona

obrigada pelos elogiossss


Ahhhh ser uma ex gordinha não é facil não, eu que o diga a sensação de comer tudo o que vemos pela frente as vezes nao da pra controlar, mas sabemos que precisamos nos controlar pra nao voltarmos a engordar.
Achei bem interessante a historia dela.


bjos